Prefeitura realiza Reunião sobre Coleta Seletiva de Lixo

Aconteceu na tarde desta segunda – feira, 8, no auditório do Núcleo de Arte, Educação e Cultura (NAEC) a I Reunião sobre Coleta Seletiva de Lixo e Destinação de Resíduos.  Evento este, promovido pela Prefeitura de Camocim através da Secretaria da Pesca, Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SEPARHMA) contando com a participação de entidades envolvidas com a questão da coleta e reciclagem de resíduos sólidos na área da Praia do Maceió, além de representantes dos catadores de materiais recicláveis no município, da sociedade civil organizada, dentre os quais o grupo ambiental Anjos da Natureza, Instituto Federal do Ceará (IFCE) e Poder Judiciário.

Dentre outros assuntos, tratou-se do Projeto Piloto de Coleta Seletiva que será desenvolvido inicialmente no Maceió. O tema abordado reivindica a forma de manuseio e tratamento do lixo, colocando em prática, a implantação de apoio à Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos nas comunidades do Maceió, Xavier, Boqueirão e Cangalhas.

A Secretaria da Pesca, Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SEPARHMA), em parceria com a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETUR), Secretaria da Infraestrutura e Secretaria da Conservação e Serviços Públicos, irão trabalhar em conjunto nesse projeto, englobando ações desenvolvidas por cada secretaria para o desenvolvimento dos trabalhos de suas equipes em prol da produtividade e consequentemente na obtenção de bons resultados acerca do Plano de Ação para o Meio Ambiente da região. Os titulares da Secretaria do Meio Ambiente e Turismo, Jonnes Costa e Rosana Lima, respectivamente, ressaltam a necessidade de que todos estejam empenhados na questão do Meio Ambiente e tenham ciência da necessidade do Controle da Coleta do Lixo. Jonnes Costa, alertou: “É preciso que as pessoas possam se conscientizar com a necessidade cada vez mais latente de ter a reciclagem desses materiais que podem ser reaproveitados”. O secretário ainda descreve a importância de trabalhar nesse projeto: “Daremos continuidade nesse processo-modelo para que possamos, mais na frente, trazer para o município como um todo”, ressaltou.

Rosana Lima, falou sobre a educação ambiental: “É preciso lembrar e conscientizar as pessoas que precisamos ter uma cidade limpa. Não deixando de avisar que limpeza também é saúde”. A secretária ainda mencionou que é preciso ter uma união entre os turistas e a população que reside na cidade: “Para o visitante, fazemos uma campanha constante de modo que ele sinta-se bem- vindo, mas também conscientizando para que não jogue lixo na cidade. Podendo estar acrescentando valor, tratando do seu lixo corretamente. Advertindo da importância e valorização de todas as partes, tanto do município quanto de quem chega à cidade”, finalizou.

Participou também da reunião, a empresa de limpeza urbana, Ecogold com seu Diretor Administrativo, Jean D’Arc que acrescentou na discussão, a contratação de uma F400 justamente para ampliar a coleta seletiva de lixo, somando-se a um caminhão compactador destinado para essa região. O diretor ainda acrescentou: “Esse compactador recolhe o lixo orgânico nos seguintes dias, segundas, quartas e sextas – feira e a F400, ficará na praia do Maceió, todos os sábados, com dez homens para ajudar no recolhimento do lixo. Esse é o trabalho que a Ecolgod está se propondo a fazer em Camocim, estando sempre à disposição de qualquer projeto para beneficio de todos”, finalizou.

O Poder Judiciário, parceiro do Projeto, representado pelo Promotor, Dr. Evânio Matos e o Juiz, Dr. Washington Frota, abordaram o Projeto Piloto como uma iniciativa de máxima importância para Camocim. Lembrando que problemas ambientais em curso serão atendidos através da Coleta Seletiva, iniciativa dada pela Prefeitura. Dr. Evânio Matos, por sua vez, relatou a disponibilidade do Judiciário em estar ligado, em Programas que envolvem a questão ambiental como forma de melhor qualidade de vida: “Essa iniciativa tem a possibilidade de rever esse processo de danos causados na praia e para a cidade. Buscando a atenção do visitante que passa por esses lugares, e ao chegar, possa encontrar um ambiente limpo e agradável para seu conforto”, falou o Promotor.

Dr. Washington, salientou que o Poder Judiciário, abraça a causa, disponibilizando, através da inclusão social, jovens infratores, a prestarem serviços comunitários, de responsabilidade ambiental na coleta seletiva do lixo da praia. “Temos a prestação de serviço comunitário, que são aquelas pessoas que tem algum débito com a justiça, que venha mostrar sua interseção junto a sociedade, desenvolvendo um trabalho junto ao meio ambiente, tornando assim, a capacidade desse jovem também ser conhecedor da necessidade de ter responsabilidade educacional, cultural, agregando valores , além de ter a responsabilidade de estar cooperando para um ambiente limpo e seguro” sinalizou o juiz.

A classe acadêmica, representada pela professora e geógrafa do IFCE Caroline Loureiro, cita a ampliação dos conhecimentos e reconhecimento do assunto Meio Ambiente na formação de profissionais: “O Instituto enquanto formador de opinião, e formador de técnicos e profissionais, considera de extrema importância a ampliação e discussão da temática ambiental e formação de processos ambientais além da preservação dos recursos naturais” A professora ainda acrescentou que a parceria entre o Município e Instituto é uma associação que incentiva a positividade do Programa.

Durante a reunião, ficou acordado entre os participantes e parceiros do Projeto, que a cada primeira segunda–feira do mês haverá nova reunião sobre a Coleta Seletiva de Lixo, dando continuidade às sugestões acerca da proposta do programa. A próxima reunião acontecerá, portanto, dia 05 de junho, no auditório do NAEC, às 14h.

 

Ascom Prefeitura de Camocim

Leitor de Página (BETA)
Pressione Enter para ler o conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para pausar ou reiniciar a leitura do conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para parar de ler o conteúdo da página em voz alta