Prefeitura de Camocim inicia Campanha de Vacinação contra Gripe

Prefeitura de Camocim inicia Campanha de Vacinação contra Gripe

Com o slogan: VACINE-SE! DEIXE A GRIPE PRA LÁ e com o objetivo de reduzir as complicações e internações causada pelo vírus Influenza, conhecida popularmente como Vírus da Gripe, a Prefeitura de Camocim, através da Secretaria Municipal de Saúde, Coordenação Municipal de Imunização, deu início local a 19° Campanha Nacional de Vacinação contra essa enfermidade.  A campanha seguirá em todo o Brasil até 26 de maio, sendo que dia 13 será de mobilização em todo o país, conhecido como “Dia D”.

“Nossa meta este ano é imunizar cerca de 15 mil pessoas na cidade de Camocim”, informou o secretário municipal de saúde, Dr. Fernando Fernandes. Os locais de vacinação serão as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), num total de 19 pontos de distribuição. As unidades de atendimento estarão abertas de segunda à sexta, de 8h às 12h e das 14h às 18h. “Não esquecendo da grande mobilização, sábado , 13 de maio, o Dia D de combate à gripe”. Enfatizou o secretário Fernandes.

Quem deve receber a vacina

Integram o público-alvo da campanha, pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, os professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional, além de portadores de comorbidades (pessoas com algum tipo de doença que predispõe o desenvolvimento de outras enfermidades, tais como, hipertensos, diabéticos e pacientes com problemas neurológicos) independente da idade.

É necessário levar o cartão de vacinação, no entanto, caso a pessoa não tenha em mãos o documento, poderá apresentar o RG. Aqueles que possuem doença crônica ou autoimune devem levar o relatório médico comprovando a patologia. Para os professores é exigida a comprovação da atividade profissional.

Também devem se vacinar os portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, para esse grupo não há meta específica de vacinação. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Já os pacientes cadastrados no Programa de Controle das Doenças Crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS), deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Relação de Unidades Básicas de Saúde / Postos de vacinação:

UBS – Augusto Pereira dos Santos (Brasília)

UBS – Thomazia Moreira da Silva (Amarelas)

UBS – João Colares Filho (Coqueiros)

UBS – Centro de Saúde Dra. Maria Helena (Antigo SESP)

UBS – Vicente Valdecio Gonçalves Moreira ( Boa Esperança I)

UBS – Manoel Alves de Castro (Guriú)

UBS – Osvaldo Mateus Monteiro (Tatajuba)

UBS – Raimundo Alves Fernandes (Rodagem do Lago)

UBS – José Farias (Praia)

UBS – Argentina Conta Passos ( Apossados I)

UBS – José Valdemar de A. Silva ( Olinda I)

UBS – Dr. José Ibiapina (Flamengas)

UBS – Maria do Socorro Silva (Cruzeiro)

UBS – Cícero Pereira Rocha ( Boa Esperança II)

UBS – Maria Guilhermina (Tucuns)

UBS – Afonso Walter Magalhães Pinto ( Apossados II)

UBS – Maria Estela Rocha Aguiar ( Olinda II)

UBS – Fernando Pereira de Araújo (São Pedro)

UBS – Emílio Schmidim Guilhon  (Nossa Senhora de Fátima)

 

Para o secretário a prevenção ainda é o meio mais seguro de imunização. “Isso é uma grande campanha e a gente chama atenção da população para que se vacine o quanto antes, para que fiquem imunizadas. Pois isso, evita problemas futuros, como, pneumonias, internações e principalmente nas crianças e idosos que podem chegar a óbito. Logo, isso é uma ação preventiva, e não deixando de ressaltar que além da vacina, as pessoas continuem com hábitos saudáveis. Levando as mãos, evitando ambientes com grandes aglomerações, ambientes muitos fechados, falar muito próximo das pessoas, entre outros cuidados”, alertou Fernandes.

Para maiores informações: Secretaria de Saúde – (88) 3621-1488.

 

ASCOM

.

 

Leitor de Página (BETA)
Pressione Enter para ler o conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para pausar ou reiniciar a leitura do conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para parar de ler o conteúdo da página em voz alta