Uso de reboque pode provocar acidentes

O primeiro passo para a instalação de reboque é consultar o manual do proprietário do veículo para ver qual a capacidade máxima de peso permitida conforme o motor do carro. As resoluções nº 197/06 e nº 234/07, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), definem as regras para os veículos.

O reboque deve ser registrado e licenciado, ganhando placa e documento (CRLV). Apesar de não ser preciso pagar IPVA ou seguro obrigatório (DPVAT), a taxa de licenciamento da carreta deve ser paga todo ano. Os veículos com peso bruto total (PBT) de até 3.500kg (soma dos pesos do veículo, da unidade acoplada e da carga) podem ser dirigidos por motoristas habilitados na categoria B. Até 6 mil quilos, a carteira deve ser tipo C e, acima disso, categoria E.

O motorista também deve procurar um engate com certificação do Inmetro. O selo é uma exigência do Contran. Os equipamentos são específicos para cada modelo de carro porque têm uma capacidade certa.

Conduzir o veículo com equipamento ou acessório proibido é infração grave, com multa de R$ 127,69 e retenção do veículo para regularização. As penalidades para o carro que circular em desacordo com essas especificações são variadas e constam no artigo nº 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leitor de Página (BETA)
Pressione Enter para ler o conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para pausar ou reiniciar a leitura do conteúdo da página em voz alta Pressione Enter para parar de ler o conteúdo da página em voz alta